Blog - Locazone

Para quem quer começar a investir, o primeiro passo sempre pode ser o mais difícil. Afinal, com tantas opções na internet, saber qual escolher pode demandar algumas horas de pesquisa. Para facilitar esse processo, trouxemos a seguir as 4 melhores opções para quem quer começar a investir e conseguir um retorno melhor do que a poupança.

Fundos de Investimento

Uma ótima opção para quem está começando são os investimentos em renda fixa, que são bem consagrados no mercado e fáceis de entrar. A ideia do fundo de investimento é baseada na comunidade de investidores, ou seja, um conjunto de pessoas confia em um gestor que irá fazer os investimentos do grupo em uma determinada aplicação. O gestor irá avaliar e procurar qual a melhor aplicação. Dessa forma, as pessoas que colocam o dinheiro confiam na decisão do gestor, que tem mais experiência nessa parte e, portanto, consegue analisar melhor as opções disponíveis.

Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) e Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

Essas duas opções são compostas por títulos de crédito do agronegócio e do mercado imobiliário, como se fossem um empréstimo dado a essas instituições. Assim, o destino do investimento é para financiar empresas e ações agropecuárias e imobiliárias.

Esse investimento é considerado de baixo risco e apresentam um bom retorno em cima dos juros. A aplicação é feita a partir de um contrato com a instituição financeira, que conta com garantia do Fundo Garantidor de Crédito e hipoteca.

Certificado de Depósito Bancário (CDB) e Recibo de Depósito Bancário (RDB)

O CDB e RDB são títulos simples e comuns emitidos por bancos e instituições financeiras para conseguir investimento nas atividades de crédito oferecidas para os clientes. Assim, o investidor faz um empréstimo para a instituição e recebe um retorno diário que varia de três formas. Os prefixados são juros firmados na hora do investimento, os pós-fixados variam de acordo com a taxa de referência e os mistos variam com a inflação, mas apresentam uma taxa fixa também. São considerados investimentos de baixo risco e sua variação pode ir de 1 real até 500 reais, tornando-se um ótimo investimento para quem está começando.

Tesouro Direto

Esse já é amplamente conhecido e diferente dos citados acima, é considerado um título público. Portanto, seu intuito é financiar a parte de educação, infraestrutura, saúde, etc. Nesse caso, o investidor compra uma dívida pública em troca de uma rentabilidade, sendo que esta pode variar de acordo com o título e o prazo. A rentabilidade também só é garantida quando o resgate ocorre no vencimento, que varia de 2024 até 2040. Ou seja, essa opção não é indicada para quem pode vir a precisar resgatar o dinheiro antes do prazo, pois pode haver perdas.